Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sexta-feira foi o culminar de uma semana esgotante. Desde o início de Maio, que os dias passam a correr, o trabalho vai-se acumulando e já nem o ioga é capaz de me manter num estado "zen". Com o cansaço a acumular torna-se difícil descontrair e aproveitar os bons momentos.

Admito, que tal como muitas pessoas, tenho uma cegueira inata que afeta a minha visão, e torna-me incapaz de ver o lado bom da vida, e das pessoas que a tornam tão especial. Pensando seriamente nisso, sim, é verdade que estou sobrecarregada de  trabalho, que todos os dias procuro uma resposta positiva que me permitia sair do desemprego. Sim, é verdade que nem sempre as coisas correm como eu quero, que oiço muitos nãos e que o acumular destas situações é desgastante.

Mas no meio de tudo isto há tanta coisa boa, há ,acima de tudo, pessoas boas, que me adoram mesmo quando estou cansada e sem tempo. Pessoas que arrancam o melhor de mim e que me fazem querer ser um ser humano melhor. 

Sei que é demasiado fácil ver o mal (afinal parece que ele está em todo o lado) mas acredito que com um pequeno "treino" mental é possível ver o bem também. As pequenas coisas boas que acontecem quando estamos distraídos a pensar num mal maior. As pessoas a que nos habituamos a ter por perto e que ,tantas vezes, nos esquecemos de lhes dar valor. 

Hoje ao pensar nisso, resolvi em vez de pedir mais, agradecer, ficar grata por tudo o que tenho, pelo que conquistei e acima de tudo, pelas pessoas incríveis que dão cor aos meus dias. Não sei o que seria de mim sem elas.

Love S.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D


Mais sobre mim

foto do autor